Advertisement
Advertisement
Advertisement

Vendas de CDs no Reino Unido têm aumento pela primeira vez em duas décadas

11 janeiro, 2024
Vendas de CDs no Reino Unido têm aumento pela primeira vez em duas décadas

Foto de loja de CDs via Shutterstock

 

Em 2023, o consumo de música no Reino Unido teve um aumento significativo e uma contribuição surpreendente para isso foram as vendas de CDs, que tiveram um crescimento no ano passado pela primeira vez em duas décadas.

Advertisement

O país atingiu um nível que não era visto desde que grandes nomes como Destiny’s Child e Limp Bizkit estavam nos topos das paradas de álbuns.

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos, somando gastos em CDs, vinil, streaming e downloads, o valor de todas as vendas de música aumentou 9,6% em 2023, chegando a 2,2 bilhões de libras (cerca de 13,7 bilhões de reais).

Segundo a Digital Entertainment and Retail Association (ERA) (via The Guardian), o novo valor está apenas 0,08% abaixo do recorde de 22 anos antes.

Vendas de CDs aumentam no Reino Unido em 2023

De acordo com os dados, as vendas de CDs no Reino Unido aumentaram 2% e, para explicar isso, entende-se que muitos amantes de música estão voltando a preferir investir em CDs como alternativa de mídia física, já que são consideravelmente mais baratos do que os trabalhos lançados como vinil.

O curioso é que o número absoluto de CDs vendidos em 2023 continuou a cair (queda de quase 7%), mas isso representou uma melhora significativa quando comparado à queda de 20% de 2022, que ficou registrada como a pior taxa de declínio desde 2015.

Mesmo com os discos lançados por Taylor Swift dominando o mercado, o álbum mais vendido foi a compilação The Highlights, de The Weeknd, e a faixa com melhor desempenho foi o hit de Miley Cyrus, “Flowers”.

Executivos da indústria falam sobre aumento da venda de CDs

De acordo com a executiva-chefe da ERA, Kim Bayley, o aumento das vendas de CDs foi causado pelo fato dos colecionadores da nova geração “estarem descobrindo os CDs”. Ela explicou:

Os CDs são um formato digital que você pode guardar para sempre, e isso é atraente quando as pessoas assinam vários serviços diferentes. Há muitas exclusividades e recordações.

 

Kim ainda acredita que as vendas de CDs podem se estabilizar ou até aumentar, pois muitos comerciantes independentes estão investindo no formato por conta do aumento da demanda.

Phil Halliday, diretor da maior loja de música e entretenimento do Reino Unido, a HMV, apontou que o mercado tem visto há algum tempo as vendas de álbuns colecionáveis de luxo de bandas ficando cada vez mais fortes.

Além disso, ele declarou que foi surpreendido por adolescentes comprando CDs e tem buscado atender cada vez mais os gostos desses clientes:

Eles querem algo que possam colocar na prateleira para dizer que gostam de Joy Division ou Nirvana, e não querem gastar o que custa um disco de vinil. Um CD tem quase a mesma coisa que um álbum em vinil – como o encarte.

 

Venda de CDs também tem aumentado em outros países

Em tempo, não é só no Reino Unido que a venda de CDs tende a melhorar.

A comercialização do formato nos Estados Unidos subiu 6,3% em 2021, totalizando 40,59 milhões de unidades vendidas. Para efeito comparativo, em 2020, foram comercializadas 40,16 milhões de unidades.

Segundo executivos, 2023 também estava marcando um aumento nas vendas do formato. Olha o comeback vindo aí!

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Lara Teixeira

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM