Advertisement
Advertisement
Advertisement

Rush: Paul McCartney tentou convencer Geddy Lee e Alex Lifeson a fazer uma nova turnê

22 novembro, 2023
Rush: Paul McCartney tentou convencer Geddy Lee e Alex Lifeson a fazer uma nova turnê

Reprodução/Youtube

 

Existem assuntos que são tabus e, sendo assim, não parece certo sequer falar sobre. Como assim? O Rush voltar aos palcos sem a presença do mestre Neil Peart?

Advertisement

Ok, tais questionamentos são absolutamente justos. Mas daí acontecem coisas que vão nos mostrando o quanto estamos equivocados. Como sabemos, tabus foram feitos para serem quebrados. E o Rush está prestes a fazer isso.

Segundo o site Mundo Metal, um dos muitos assuntos do momento no agitado mundo do Rock neste final de 2023 é o possível retorno de Geddy Lee e Alex Lifeson aos palcos com um baterista ainda não revelado, fazendo turnês sob o nome Rush e tocando seus grandes sucessos mundo afora.

Os próprios músicos tem comentado bastante este assunto, mas convenhamos, ainda é cedo para dizer se isso irá acontecer realmente.

Em uma recente entrevista concedida a revista Rolling Stone, Geddy Lee comentou sobre como foi reunir-se com Alex Lifeson no palco após a morte de Neil Peart, no show em tributo ao baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins. Lee disse o seguinte:

“Dave Grohl foi tão gentil, ele veio até nós no ensaio e disse: ‘Paul McCartney é o próximo para ensaiar e ele está lá fora, ele me disse: ‘Dave, eu nunca conheci ninguém do Rush antes’. E eu disse: ‘também nunca o conheci! Traga-o, por favor’. E ele entrou. Ele é simplesmente um homem muito adorável. Uma pessoa muito positiva.”

 

Lee foi perguntado se ele teve a sensação de que Paul McCartney conhecia a música do Rush, ele disse:

“Não, mas tive a sensação de que ele sabia quem éramos e tinha ouvido falar de nós. Ele nunca tinha nos ouvido eu acho. Então, no show, ele estava lá. Ele assistiu ao set. Acho que ficou muito curioso porque provavelmente as pessoas nos mencionaram para ele.

Mas depois do show, ele foi incrível. Ele foi tão caloroso, acolhedor e positivo. Ele veio, sentou-se e bebeu conosco. Todos nós ficamos juntos. E ele foi muito enfático, falando: ‘Você sabe o que Ringo Starr sempre diz: ‘Isto é o que fazemos’. E eu disse: ‘Fale isso para o Alex, porque ele é o teimoso’. E então de repente ele estava dando um sermão em Alex sobre como é ótimo fazer uma turnê, ‘você tem que fazer isso, cara. Você tem que voltar lá, cara’. E Alex disse algo como, ‘eu farei isso se você for nosso empresário’. E Paul respondeu: ‘eu cuido de você, cara!’. Foi muito divertido, muito engraçado, mas ele tinha razão. É assim que ele encara a vida. Ele não aparenta a idade porque realmente acredita que nasceu para fazer isso. É isso que você faz. E você simplesmente faz. Você não se questiona. E acho que todos nós às vezes esquecemos disso.”

 

Em uma recente entrevista ao The Washington Post, Geddy Lee disse como foi tocar neste mesmo show com bateristas diferentes como Danny Carey do Tool, Omar Hakim, Chad Smith do Red Hot Chili Peppers e Dave Grohl, todos estes se juntaram a eles no tributo. Lee respondeu:

“Era um assunto tabu, e tocar aquelas músicas novamente com uma terceira pessoa era o elefante na sala, e isso meio que desapareceu. Foi bom saber que se decidirmos sair, Alex e eu, quer seja como parte de uma coisa nova, ou se apenas quiséssemos sair e tocar músicas do Rush como Rush, poderíamos fazer isso agora”.

 

Fonte: Mundo Metal – Fabio Reis

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM