Advertisement
Advertisement
Advertisement

Rod Stewart diz que foi trancado em hotel para evitar “sexo e álcool” até trabalhar

30 novembro, 2021
Rod Stewart diz que foi trancado em hotel para evitar “sexo e álcool” até trabalhar

Nos anos 70, cantor estava tão “ocupado” com as aventuras de ser um rockstar que se esqueceu do principal

Rod Stewart relembrou uma situação no mínimo curiosa que aconteceu durante sua carreira.

O músico, que integrou as bandas Faces e Jeff Beck Group nos anos 70, precisou ser trancado em um quarto de hotel para poder compor canções. Isso porque, além de ser “preguiçoso”, Stewart ainda estava ocupado com “muito sexo e bebidas”.

Advertisement

Em entrevista para o programa Time Crisis, da Apple Music 1, o veterano falou sobre sua primeira tentativa de escrever ao lado de Ronnie Wood:

Eu nunca havia encostado a caneta no papel… até me juntar ao Jeff Beck Group. E então Jeff disse que deveríamos começar a escrever nossas próprias canções para um dos dois álbuns dele.

 

Em seguida, Rod foi à casa de Ronnie durante um dia de inverno:

Acendemos a lareira elétrica, e ela tinha três barras [lenhas elétricas]. E então sua mãe entrou e disse: ‘Você só pode usar uma, porque isso é caro’. Estava muito frio. Tínhamos um caderno, um pedaço de papel e um lápis. E tentamos escrever uma música do Jeff Beck e não saiu nada. E então dissemos: ‘Bem, vamos tomar uma taça de vinho’. Matamos uma garrafa de vinho entre nós dois e mesmo assim não saiu nada.

 

Apesar do “fracasso” da sessão, a faixa “Plynth (Water Down the Drain)” nasceu após muito esforço. E então, Rod Stewart contou sobre a forma como eles o obrigavam a escrever canções:

Os Faces costumavam me trancar em um quarto do Holiday Inn; me davam uma garrafa de vinho, um gravador e um pedaço de papel, e eles trancavam a porta até eu começar a escrever, porque eu era preguiçoso. Nos anos 70, havia muito sexo e bebidas para beber. Festa! Porque os Faces eram a banda da festa.

 

Rod Stewart e a composição

Depois daquela época, porém, Stewart começou a achar o processo de composição “agradável”, e hoje diz que realmente ama fazê-lo. O músico completa: “Não estou dizendo que todo mundo deveria fazer assim, mas faço tudo no meu laptop — faço alterações dessa maneira. […] Eu gosto do processo de composição agora mais do que em toda a minha vida”.

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Stephanie Hahne

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM