Advertisement
Advertisement
Advertisement

Red Hot Chili Peppers e a obscura canção que fala sobre prostituição no Brasil

26 janeiro, 2024
Red Hot Chili Peppers e a obscura canção que fala sobre prostituição no Brasil

Foto por Stephanie Hahne/TMDQA!

 

Em 2013, um ano depois do belíssimo I’m With You, o Red Hot Chili Peppers decidiu lançar algumas músicas que não entraram no álbum. Uma delas é especialmente obscura e tem uma letra que descreve uma viagem – em todos os sentidos – pelo Brasil.

Advertisement

“Open/Close” é a última das 17 faixas da coletânea I’m Beside You, lançada exclusivamente para o Record Store Day nos Estados Unidos, e que só os fãs mais devotos conhecem.

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos, a música começa justamente falando sobre o nosso país numa espécie de “fluxo de pensamento”, técnica muito usada por Anthony Kiedis em suas composições, mas dessa vez com muito mais interjeições e reticências, simulando o pensamento de alguém que está alterado ou sonhando.

A história acontece numa favela no Rio de Janeiro e inclui alguns clichês infelizes sobre a cidade, como prostituição e tráfico de drogas:

  • Então, nós estávamos lá no Brasil e, cara, aquele lugar é louco

  • Estávamos no Rio de Janeiro e, bem, tinha esse… esse cara tipo um segurança, que deveria nos levar pra conhecer a cidade

  • Eu disse ‘ei, você poderia… sabe, poderia levar a gente pras favelas e nos mostrar a prostituição, as drogas, as brigas noturnas e tipo… a vida nas ruas da sua cidade?’

  • Ele disse ‘claro’, então nós, nós chamamos essa prostituta que estava usando, tipo, uma minissaia verde e brilhante, e no fim das contas era uma mulher trans e o segurança disse ‘vem aqui!’

  • E ela veio achando que seria presa, mas ela não estava sendo presa. Não, não estava, ele só queria dar uns tapas na bunda dela e dizer ‘ei garota, o que tá rolando?’

“Open/Close” também faz homenagem a Hillel Slovak

Algumas pistas ao longo de “Open/Close” nos ajudam a entender se essa história envolvendo o Red Hot Chili Peppers em uma favela no Rio de Janeiro realmente aconteceu. No refrão, por exemplo, Kiedis fala sobre sonhos, usando versos como:

  • Saio da cama e limpo a minha mente, somos sonhos dentro de sonhos
  • Deito na cama e começo a flutuar, somos sonhos dentro de sonhos

Já a segunda estrofe é toda dedicada a Hillel Slovak, guitarrista que estava na primeira formação do Red Hot e faleceu em 1988 vítima de uma overdose de heroína, droga que também tinha causado dependência em Anthony Kiedis.

Esse trecho da música já se passa em Los Angeles, cidade em que a banda foi formada, e conta sobre as noites em que os dois ficavam fumando, falando sobre garotas e sonhando em serem astros do Rock:

  • Nós fumávamos maconha e subíamos nas colinas para ouvir Rock Progressivo e apenas ficar doidão, e bem… nos sonhávamos, sabe, sonhávamos e falávamos sobre o que queríamos fazer, falávamos sobre garotas e sobre música
  • E sabe, Hillel queria ser uma estrela do Rock, e eu nem sabia o que era isso. Eu dizia tipo ‘qualquer coisa que você quiser fazer, cara, eu vou com você, eu estarei com você, meu amigo’

A história do Red Hot Chili Peppers numa favela realmente aconteceu?

Nos créditos de I’m Beside You, aparecem como compositores de “Open/Close” todos os integrantes do RHCP em 2013: Anthony Kiedis, Flea, Chad Smith e Josh Klinghoffer.

Considerando que Slovak morreu cinco anos antes da banda fazer seu primeiro show no Brasil, no festival Hollywood Rock de 1993, além de todo o contexto “etéreo” da letra, é bem provável que a aventura no Rio de Janeiro tenha sido mesmo um sonho, e não realidade.

Outra alternativa, claro, é que Anthony tenha narrado fatos que de fato tenham acontecido nessa época com os integrantes da banda no início dos Anos 90, durante essa passagem. De acordo com o site RHCP Brasil, não há registros de outras aventuras da banda em público pelo Rio de Janeiro de lá pra cá.

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Rafael Teixeira

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM