Advertisement
Advertisement
Advertisement

Placebo faz show impecável mesmo sem grandes hits e ‘proibição’ de celular

18 março, 2024
Placebo faz show impecável mesmo sem grandes hits e ‘proibição’ de celular

Fotos: Rafael Strabelli/Espaço Unimed

O Placebo realizou sua única apresentação no Brasil, na noite desse domingo (17), depois de 10 anos sem passar pelo país. Brian Molko e Stefan Olsdal reencontraram os fãs brasileiros em São Paulo, no Espaço Unimed, com a turnê do recente álbum Never Let Me Go (2022).

Segundo o site Ligado à Música, momentos antes da dupla subir ao palco, os telões no local exibiram um comunicado com um pedido da banda britânica para que os fãs não filmassem a performance inteira com os celulares. A justificativa era que isso poderia atrapalhar a experiência e gostariam que guardassem as lembranças do show na memória: “Fica mais difícil se conectar com vocês e comunicar efetivamente as emoções das músicas”, dizia um trecho do texto.

Advertisement

Depois do recado, pontualmente às 20h, Molko, Olsdal e banda subiram ao palco para apresentar canções do último trabalho dos caras. Essa era outra polêmica que circulava às vésperas do show, pelo fato de que o Placebo evitou tocar seus grandes hits, como “Every You Every Me” e “Pure Morning”. Para sorte da banda, os fãs presentes conheciam muito bem o novo disco.

 

O início do show seguiu praticamente a ordem de Never Let Me Go com “Forever Chemicals”, “Beautiful James”, “Scene of the Crime” (essa do álbum Loud Like Love, de 2013), “Hugz”, e “Happy Birthday in the Sky”. Essa última, que é sobre perdas, ganhou um novo significado quando foi dedicada ao músico de apoio Bill Lloyd que fazia aniversário com Molko arriscando um português: “Parabéns, uma salva de palmas”. Aliás, foi um dos poucos momentos em que o vocalista conversou com o público.

Ao longo da apresentação, poucos fãs arriscaram filmar trechos do show, o que lembrou dos velhos tempos em que não era comum levar câmeras fotográficas para os eventos. Aliás, funcionários da casa estavam posicionados na grade com lanternas em mãos para sinalizar as pessoas que tentavam gravar algo.

De Never Let Me Go, a banda tocou 10 faixas, incluindo o recente sucesso “Try Better Next Time”. E falando em hit, a galera foi à loucura quando Molko e companhia tocaram “The Bitter End”. Com certeza, os fãs que frequentavam festas como a Grind e a antiga casa noturna Atari sentiram a sensação daquela época. Vale destacar a execução impecável de cada canção, tanto nos vocais de Molko, quanto no instrumental da banda.

O bis contou com uma seleção de músicas mais melancólica do grupo com “Taste In Men” e “Fix Yourself”, e uma versão de Kate Bush para “Running Up That Hill (A Deal With God)”, que fez parte da série The Vampire Diaries. Molko então se despediu do público brasileiro com uma bandeira trans enrolada no corpo que ganhou de um fã da plateia.

Confira a seguir fotos oficiais da apresentação, um vídeo que fizemos com um trecho de “Beautiful James” e o setlist.

 

 

Setlist:

01. Forever Chemicals
02. Beautiful James
03. Scene of the Crime
04. Hugz
05. Happy Birthday in the Sky
06. Bionic
07. Twin Demons
08. Surrounded by Spies
09. Soulmates
10. Sad White Reggae
11. Try Better Next Time
12. Too Many Friends
13. Went Missing
14. Exit Wounds
15. For What It’s Worth
16. Slave to the Wage
17. Song to Say Goodbye
18. The Bitter End
19. Infra-Red

Bis:
20. Taste in Men
21. Fix Yourself
22. Running Up That Hill (A Deal with God) (Kate Bush cover)

 

Fonte: Ligado à Música – Marcos Chapeleta

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM