Advertisement
Advertisement
Advertisement

“Paranoid” do Black Sabbath ultrapassa a marca de 1 bilhão de streamings

7 março, 2024
“Paranoid” do Black Sabbath ultrapassa a marca de 1 bilhão de streamings

Black Sabbath. Crédito: Reprodução/Facebook

 

A banda de heavy metal Black Sabbath, é mundialmente conhecida tanto pelo seu vocalista Ozzy Osbourne, quanto pelas suas músicas, que são verdadeiros hinos do rock mundial. Entre o ranking de melhores músicas da banda, muitos colocariam no topo o som “Paranoid” do álbum de mesmo nome, e devido a tamanha fama, essa música recentemente passou a fazer parte do Billions Club (Clube dos Bilhões) do Spotify.

Advertisement

Segundo o site Wikimetal, o Billions Club nada mais é do que uma playlist organizada pela plataforma de streaming Spotify. A lista contém as músicas que atingiram a marca de mais de um bilhão de streams na plataforma. Essa playlist que foi lançada em 2020, conta com grandes nomes da música mundial como por exemplo Guns N’ Roses, Aerosmith, Queen e System Of A Down. Após a conquista desse marco, o Spotify presenteia os artistas com a placa do Billions Club.

Clique aqui para ouvir a playlist do Billions Club.

 

A playlist atualmente conta com mais de 500 títulos, que totalizam mais de 24 horas de muita música diversa, repleta de pop, e muitos clássicos da música. Podemos encontrar também sons como “Basket Case” do Green day, “Enter Sandman” do Metallica, “Californication” do Red Hot Chilli Peppers, “Zombie” do grupo Cranberries, “Take On Me” do A-ha, entre muitas outras faixas.

A banda comemorou o marco de dois bilhões de streams na plataforma, com um post em sua rede social Twitter/X:

Paranoid e o sucesso do Black Sabbath

O álbum Paranoid do Black Sabbath é o segundo de estúdio da banda, lançado em 1970 no Reino Unido, e 1971 nos Estado Unidos. O disco carrega consigo muitos dos grandes hits do grupo e é reconhecido como influência para muitas bandas. Paranoid segue sendo referência na cultura pop até hoje. É impossível ouvir a faixa “Iron Man” sem relacioná-la com o filme Homem de Ferro.

Repleto de críticas ao sistema militar estadunidense e à guerra do vietnã, o álbum conta com a faixa “War Pigs” um verdadeiro grito contra toda essa violência. Por sua vez, a faixa “Paranoid” é um pedido de ajuda de uma mente conturbada. “Can you help me? Occupy my brain?” (Você pode me ajudar? Ocupar meu cérebro?). A banda que esteve em atividade até 2017 segue agradando com suas músicas, e conquistando seu lugar nas paradas de sucesso.

A música “Paranoid” conquistou também outros marcos, além do Billions Club. Atingiu a quarta posição na parada de singles do Reino Unido e a posição 61 na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos.

A composição do hit “Paranoid”

Em novembro de 2003, durante um programa da rádio BBC o guitarrista Tony Iommi comentou sobre a criação do riff inicial da música “Paranoid” (via Blabbermouth): “Estávamos no estúdio gravando o álbum Paranoid, os caras saíram para comer alguma coisa, e o produtor disse: ‘Precisamos de outra música. Não temos músicas suficientes no álbum. Você pode montar uma?’ Eu disse, ‘Bem, não.’ Ficamos lá apenas por alguns dias, sabe. E eu disse: ‘Bem, não sei. Nunca escrevi uma música de três minutos.’ O Sabbath sempre escreveu músicas com cinco ou seis minutos de duração. Então eu tive essa ideia e esperei até que os outros voltassem do pub. E então toquei a ideia para eles. E, basicamente, nós fizemos isso ali mesmo.”

Sobre o sucesso da música Iommi diz: “A única coisa naquela época para nós com Paranoid foi atrair um público diferente daquele a que estávamos acostumados”. E continua: “Vimos muitas garotas gritando e coisas assim, com as quais não estávamos acostumados nos shows. E estávamos fazendo o Top Of The Pops (programa de TV do Reino Unido) que estava atraindo um público diferente do que esperávamos, pessoas que não nos conheciam vinham ouvir a banda tocar. Eles só ouviam “Paranoid” na TV e pensavam: ‘Bem, vamos vê-los’. E, claro, eles terminavam ouvindo “Iron Man” e todo o resto e pensavam: ‘Oh meu Deus. O que é tudo isso?’”

A visão de Geezer Butler sobre a música

Em entrevista à revista Guitar World em 2004, o baixista Geezer Butler comenta sobre a gravação do álbum (via Blabbermouth) “foi gravado ao vivo no estúdio em cerca de dois ou três dias. A música ‘Paranoid’ foi escrita como uma reflexão tardia. Basicamente, precisávamos de um preenchimento de três minutos para o álbum, e Tony veio com o riff. Eu rapidamente fiz as letras, e Ozzy estava lendo-as enquanto cantava.”

Sobre a inspiração para a letra Butler comenta: “é sobre depressão, porque eu realmente não sabia a diferença entre depressão e paranoia. É uma coisa relacionada à droga; quando você está fumando um baseado, você fica totalmente paranoico com as pessoas. Você não consegue se relacionar com as pessoas. Há aquela ligação entre a paranoia que você sente quando fuma maconha e a depressão que vem depois.”

Em 2017, após uma história de 49 anos de banda, o grupo encerrou sua turnê de reunião The End, que foi a última do conjunto, pois o guitarrista Tony Iommi foi diagnosticado com um linfoma que o impediu de viajar por períodos muito longos de tempo. O guitarrista estava passando pelo tratamento do câncer durante a gravação e divulgação da turnê do álbum 13, o primeiro álbum de estúdio em 35 anos com Iommi, Osbourne e Butler tocando juntos.

 

 

Fonte: Wikimetal – Carol Candido

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM