Advertisement
Advertisement
Advertisement

Nuno Bettencourt diz que Brian May pode ser considerado o verdadeiro padrinho do grunge e explica o motivo

14 março, 2024
Nuno Bettencourt diz que Brian May pode ser considerado o verdadeiro padrinho do grunge e explica o motivo

Foto: Reprodução

 

Nuno Bettencourt, o guitarrista do Extreme, conversou com Rick Beato no YouTube, onde ele defendeu uma tese de que Brian May, guitarrista do Queen, é quem pode receber a alcunha de verdadeiro “padrinho do grunge”. Ele diz:

Advertisement

“O solo mais barulhento de Brian May para mim, e se você quiser dar uma olhada, está no álbum ‘A Night at the Opera’. Há muitas coisas anteriores, mas o álbum ‘A Night at the Opera’, especificamente ‘Death on Two Legs’, é uma música, e ela entra, e ele está tocando o riff; foi como se fosse a primeira vez, eu acho… eu realmente ouvi… eu sinto que todo o som do Seattle, do Alice In Chains foi criado quando ele foi [imitando a música de May], e eu pensei, ‘Espere um segundo. Ele está sintonizado. O que esta acontecendo aqui?’”

Na convesa, foi apontado que Tony Iommi do Black Sabbath é quem deveria ser chamado por este nome, mas Nuno discorda e diz:

“As pessoas sempre igualam Tony Iommi, até onde você sabe, ao padrinho do grunge e seja lá o que for, mas sinto muito. Isso está aqui em um lugar seguro. Em um lugar mais profundo, mesmo com King’s X e algumas músicas, aquela coisa de D-tune, Brian, eu acho, estava fazendo isso, e ninguém realmente falou sobre isso. Você vai ouvir ‘Death on Two Legs’ ou outras músicas, ou mesmo quando ele tocou ‘Fat Bottomed Girls’”.

A entrevista pode ser vista abaixo.

 

 

Fonte: Confere Rock – Marcio Machado

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM