Advertisement
Advertisement
Advertisement

Mulher que devolveu baixo roubado de Paul McCartney aguarda recompensa

20 fevereiro, 2024
Mulher que devolveu baixo roubado de Paul McCartney aguarda recompensa

Foto: Reprodução/Getty Images

 

Um baixo de Paul McCartney, que havia sido roubado em 1972, voltou às mãos do lendário artista, na última quinta-feira (15). Isso só foi possível depois de uma campanha, chamada “The Lost Bass” (O Baixo Perdido), realizada por fãs nos últimos seis anos.

Advertisement

Segundo o site Ligado à Música, Paul comprou o instrumento da marca Hofner por 30 libras no início da década de 1960, quando os Beatles faziam uma temporada de apresentações em bares na Alemanha. No entanto, o baixo foi furtado da parte traseira de uma van na época em que McCartney fundou o Wings.

Quem encontrou esse item valioso do rock foi Cathy Guest, de 52 anos. A mulher revelou ao The Sun que descobriu o baixo em seu sótão após a morte do marido, Hadyn. Ela acredita que seu companheiro teria herdado o instrumento do irmão Graham também já falecido.

“Meu marido herdou quando um outro membro da família morreu e ele já o tinha há anos”, disse ela. “Ele não tinha ideia de onde veio. Ele era um músico entusiasmado e tocava todas as guitarras de casa, inclusive o baixo de Paul. Nós dois amamos música e ainda vou a shows todo fim de semana”.

Guest explicou como foi contato com a equipe de Paul: “Falei com a segurança dele e foi assim que tudo começou. O pessoal dele me enviou fotos do instrumento que procuravam e eu mandei de volta fotos do que eu tinha. Eles confirmaram que era o baixo que procuravam. Depois disso, eles mandaram alguém buscá-lo”.

Agora, Cathy espera receber uma recompensa por ter devolvido o instrumento ao dono. O objeto é avaliado hoje em 10 milhões de euros, o equivalente a R$ 53 milhões. Na entrevista, Guest declarou que está com dificuldades financeiras, enquanto ela sustenta dois filhos na universidade.

Ela ainda disse que a equipe de McCartney lhe ofereceu uma recompensa, o que ela espera que continue a acontecer. “Ainda tenho uma oferta aberta com eles e segui o conselho”, disse. “Faz parte da história do rock n’ roll e não é como se eles fossem uma banda pequena”, acrescentou.

 

 

Fonte: Ligado à Música – Marcos Chapeleta

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM