Advertisement
Advertisement
Advertisement

Johnny Marr promete ação enérgica após ouvir música do The Smiths em comício de Donald Trump

25 janeiro, 2024
Johnny Marr promete ação enérgica após ouvir música do The Smiths em comício de Donald Trump

Fotos via Wikimedia Commons

 

Johnny Marr, ex-guitarrista do The Smiths, ficou extremamente irritado ao descobrir que uma das músicas de sua antiga banda está sendo tocada com frequência nos comícios de Donald Trump.

Advertisement

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos, através de sua conta do Twitter, o músico compartilhou uma publicação com uma filmagem na qual a música dos Smiths “Please Please Please Let Me Get What I Want” pode ser ouvida enquanto apoiadores do ex-presidente dos Estados Unidos aguardam Trump subir ao palco do evento.

Surpreso e revoltado com o uso da música nos comícios do candidato republicano, Marr respondeu ao vídeo dizendo:

Ah… certo… OK. Eu nunca, em um milhão de anos, eu teria pensado que isso poderia acontecer. Considere essa merda encerrada agora mesmo.

 

A música em questão está no Lado B do single “William, It Was Really Nothing”, e também integra o disco de raridades Hatful of Hollow, lançado pelos Smiths em 1984.

Johnny Marr critica o uso de música dos Smiths em comício de Trump

Donald Trump está concorrendo a um segundo mandato como presidente dos Estados Unidos e apesar de estar envolvido com diversas acusações judiciais, não apenas é o favorito do Partido Republicano para a candidatura em 2024 como aparece à frente do atual presidente, Joe Biden, nas pesquisas.

Enquanto isso, Johnny Marr é apenas mais um da extensa lista de artistas que já se manifestaram contra o uso de suas músicas durante os comícios realizados pelo ex-presidente dos EUA.

Segundo a Variety, entre os artistas que mostraram incômodo pelo uso de suas obras estão Adele, Aerosmith, Bruce Springsteen, Elton John, Guns n’ Roses, Neil Young, Nickelback, Pharrell Williams, Phil Collins, Prince, REM, Rihanna, Rolling Stones, Creedence Clearwater Revival e muitos outros.

O problema é que mesmo que eles se revoltem contra o uso, nada garante que as músicas irão parar de ser tocadas nos eventos, já que cada single é colocado no mundo com contratos bastante diferentes e, frequentemente, os artistas não têm poder sobre suas próprias obras.

Confira a publicação feita por Johnny Marr e em seguida ouça a música dos Smiths usada no comício de Donald Trump.

 

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Lara Teixeira

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM