Advertisement
Advertisement
Advertisement

Green Day irrita fãs conservadores ao mudar letra de “American Idiot” em show da virada nos EUA

3 janeiro, 2024
Green Day irrita fãs conservadores ao mudar letra de “American Idiot” em show da virada nos EUA

Reprodução/Facebook

 

 

Advertisement

O Green Day participou do show da virada transmitido pela emissora ABC, nos Estados Unidos, e aproveitou a oportunidade para cutucar os apoiadores de Donald Trump — algo que gerou uma série de comentários nas redes sociais.

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos, ao apresentar o hit “American Idiot”, presente no álbum de mesmo nome lançado em 2004, o vocalista Billie Joe Armstrong trocou o trecho da letra que diz “I’m not a part of a redneck agenda” (“Não faço parte de uma agenda caipira”, em tradução livre para o português).

Em sua participação na TV, o cantor alterou a frase para “Não faço parte da agenda MAGA”. A sigla se refere ao movimento de extrema-direita “Make America Great Again”, que se popularizou durante os anos em que Trump foi presidente dos EUA.

 

Green Day irrita fãs conservadores ao criticar direita dos EUA

A mudança na letra incomodou muitos dos fãs mais conservadores e, claro, fez com que muita gente comentasse na internet tanto para atacar o Green Day quanto para defendê-los; no último caso, aliás, ironizando o fato de que “American Idiot” já era uma canção de protesto contra os republicanos.

Isso porque o trio californiano escreveu o hit em resposta aos atentados de 11 de Setembro de 2001 e às políticas da administração de George W. Bush, que governava os EUA na época. Um dos tuítes que viralizou, inclusive, destacou uma crítica de Elon Musk à banda e ironizou:

O Green Day foi de odiar conservadores a continuar fazendo isso.

 

Confira a mudança na letra de “American Idiot” no vídeo ao final da matéria e algumas das publicações sobre o tema!

 

Green Day voltou a falar de política em novo disco

Em tempo, o Green Day prepara uma turnê por estádios que coincidirá com a chegada do novo álbum Saviors, com lançamento previsto para 19 de Janeiro.

Com tantas novidades em vista, a banda liderada por Billie Joe conversou com o The Guardian para contar quais serão os próximos passos do trio californiano.

Na conversa para o jornal, o grupo foi questionado sobre seu retorno a um lado mais político nas músicas que estarão no próximo trabalho de estúdio.

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Gabriel von Borell

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM