Advertisement
Advertisement
Advertisement

Geddy Lee afirma que o seu melhor show não foi com o Rush

7 fevereiro, 2024
Geddy Lee afirma que o seu melhor show não foi com o Rush

Alex Lifeson e Geddy Lee do Rush. Crédito: Wikimedia Commons

 

Geddy Lee do Rush disse que o primeiro show de tributo a Taylor Hawkins, que aconteceu na Inglaterra em setembro de 2022, foi possivelmente o maior show de sua vida.

Advertisement

Segundo o Wikimetal, o cantor e baixista admitiu que se sentiu menos otimista em relação ao concerto em memória do baterista do Foo Fighters nos EUA, que aconteceu três semanas após o falecimento.

Em seu livro de memórias recentemente publicado, My Effin’ Life, Lee disse que os shows ofereceram a ele e ao colega de banda Alex Lifeson a chance de “passar da dor à lembrança” enquanto continuavam a lidar com a morte do baterista do Rush, Neil Peart, em 2020.

 

Atmosfera incrível e positiva

“Esses dois shows foram realmente incomuns por razões muito diferentes”, disse Lee a Classic Rock em entrevista recente. “O show em Londres foi talvez a celebração de perda mais alegre que eu poderia imaginar. Nunca vi tantos músicos num só lugar e a atmosfera nos bastidores foi profundamente positiva.”

Ele observou que “durante cinco ou seis dias antes do show, ficamos todos escondidos em um hotel com todos os outros músicos e todos os seus amigos e familiares. Todas as noites você estava no bar com essas pessoas, e não havia calúnias, nem cinismo, nem superioridade. Você podia sentir o espírito de Taylor e o amor vindo da família Foo Fighters. Isso foi realmente comovente.”

Lee descreveu o líder do Foo Fighters, Dave Grohl, como “um dos seres humanos mais notáveis ​​que já tive o prazer de conhecer e trabalhar”, mas revelou que tinha dúvidas ao tocar músicas do Rush pela primeira vez desde seu último show em 2015.

“Aqui estávamos nós, Alex e eu, sem tocar juntos há anos, sentindo-nos muito nervosos sobre quem tocaria a bateria”, explicou Lee. “Mas tudo deu certo e, de certa forma, foi talvez o melhor show da minha vida. Toda a atmosfera era diferente de tudo que eu já havia experimentado.”

 

O segundo show não teve a mesma vibe para Geddy Lee

Geddy Lee tinha motivos para se sentir pior em relação ao segundo show, que aconteceu no Forum em Inglewood, Califórnia, no dia 27 de setembro. “As coisas foram um pouco diferentes por causa do que aquele local simboliza para mim”, disse ele.

“Estando de volta ao Fórum, onde minha banda tocou pela última vez, parecia que estava voltando à cena do crime. Então tentei estar tão feliz quanto estava em Londres, mas não consegui encontrar o mesmo espaço. Fiquei muito mais retraído nos bastidores daquele show, pensando nas coisas. Mas saí sentindo que pelo menos havíamos feito justiça a Taylor e, de certa forma, justiça a Neil.”

Questionado sobre a possibilidade de realizar um tipo de espetáculo semelhante para homenagear Peart, Lee disse: “Estávamos planejando fazer um memorial em Toronto, mas então a pandemia chegou e, quando saímos dela, alguns anos se passaram. Sentimos que fomos roubados do momento. Mas você nunca sabe. Ainda falamos sobre isso. Se conseguirmos nos recompor, talvez consigamos fazer alguma coisa” (via Loudwire).

 

Fonte: Wikimetal – Victor Faina

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM