Advertisement
Advertisement
Advertisement

Dexter Holland, sobre novo CD do Offspring: ‘Igual, mas diferente’

3 junho, 2024
Dexter Holland, sobre novo CD do Offspring: ‘Igual, mas diferente’

Foto: Reprodução

 

Em participação no podcast Rolling Stone Music Now, o vocalista do The Offspring, Bryan “Dexter” Holland, foi questionado sobre a direção musical do décimo primeiro álbum de estúdio da banda, recém-finalizado.

Advertisement

“Eu acho que é uma citação de David Bowie que dizia: ‘Você tem que torná-lo igual, mas diferente.’ É engraçado porque é verdade. Porque se você soar muito como o seu outro álbum, as pessoas vão dizer, ‘Ah, só parece aquele álbum.’ E se você mudar demais, confunde as pessoas. E, claro, você tem que, no final das contas, satisfazer sua própria criatividade, o que você quer fazer. E felizmente, acho que expandimos bastante o leque do que podemos fazer. Fizemos ‘Gone Away’ em ‘Ixnay [On The Hombre]’ e já fizemos coisas com piano e tudo mais, mas acho que você tem que equilibrar esse desejo de crescer com – você não quer necessariamente ser muito adulto, se é que me entende. Você não quer de repente dizer, ‘Vou fazer um disco como o U2.’ Isso não necessariamente funciona bem para quem você é como banda. Estamos tentando manter tudo isso em mente.”

Ele continuou: “Quando as pessoas me perguntam, ‘Como é o seu novo álbum?’, eu digo apenas ‘Ignition’, porque as pessoas dizem, ‘Ah, legal. Eu amo aquele álbum.’ Mas, não é assim. É uma mistura. Acho que o punk é o cerne do que sempre fomos, então sempre tem um pouco disso em um álbum. E então geralmente colocamos algumas músicas esquisitas, mas sempre se trata de tentar tornar a música a melhor possível.”

Segundo o site Rock Brigade, o guitarrista do The Offspring, Kevin “Noodles” Wasserman, já havia discutido o progresso das sessões de gravação para o sucessor do álbum “Let The Bad Times Roll” de 2021, há três meses, em uma entrevista para a colombiana Radioacktiva.

“Não é como se entrássemos e trabalhássemos por vários meses com o [produtor] Bob [Rock] e depois não nos víssemos por alguns anos. Nos reunimos a cada dois meses e entramos no estúdio para trabalhar por uma ou duas semanas. É assim que gostamos de trabalhar. E é sempre divertido sair com o Bob. Ele é um cara ótimo. E a gente só conversa sobre música, fala sobre ideias, o que torna uma música ótima.”

 

Fonte: Rock Brigade

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM