Advertisement
Advertisement
Advertisement

Billy Corgan (Smashing Pumpkins) sai em defesa de Taylor Swift após críticas por excesso de lançamentos

7 junho, 2024
Billy Corgan (Smashing Pumpkins) sai em defesa de Taylor Swift após críticas por excesso de lançamentos

Divulgação | Reprodução/Instagram

 

O veterano Billy Corgan saiu em defesa de Taylor Swift após ela receber algumas críticas por conta das mais de 2 horas de duração do seu recente disco duplo The Tortured Poets Department.

Advertisement

Em entrevista ao The Irish Times (via Alternative Nation), o líder do Smashing Pumpkins, que está acostumado com as cutucadas das críticas e dos fãs por conta de álbuns mais longos, comparou Swift com a saudosa Sinéad O’Connor ao questionar:

Agora que Sinéad se foi, seria uma coisa ruim se alguém aparecesse amanhã e dissesse: ‘Ei, acabei de encontrar esta fita e há o suficiente para 20 – ou 30 ou 50 – canções de Sinéad.’ Isso seria uma coisa ruim?

Taylor Swift é uma das artistas pop mais talentosas de todos os tempos. Como pode ser uma coisa ruim que ela esteja lançando mais músicas? Não consigo entender isso… Você pode ir no Spotify e simplesmente pular.

 

Billy Corgan defende Taylor Swift após críticas por disco de longa duração

Como falamos acima, Billy Corgan tem propriedade para falar sobre discos de longa duração – a começar pelo elogiado disco de 1995 dos Pumpkins, Mellon Collie and the Infinite Sadness, lançado como um álbum duplo com 28 músicas.

Além disso, o trabalho mais recente da banda veterana, a Opera Rock ATUM, chegou com o total de 33 músicas depois de ser lançado em três atos. Na entrevista, Corgan também aproveitou para defender o seu próprio projeto:

As pessoas reclamaram da duração do meu último álbum, ‘ATUM’. Eu pensei: bem, vá fazer sua própria playlist. Basta ouvir o disco uma vez – reveja as seis ou 10 músicas que você gosta e faça seu próprio disco. Por que esse conceito é tão estranho?

 

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos, Taylor Swift lançou inicialmente seu décimo primeiro álbum de estúdio The Tortured Poets Department com 16 faixas e, algumas horas depois, revelou que se tratava de um disco duplo e compartilhou mais 15 músicas. Segundo a cantora, a quantidade de faixas foi resultado de ter “escrito tantas poesias torturantes nos últimos 2 anos”.

Você pode ouvi-lo na íntegra logo abaixo.

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Lara Teixeira

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM