Advertisement
Advertisement
Advertisement

Ao falar sobre Eurocopa, Noel Gallagher esnoba Inglaterra e revela sua “verdadeira” nacionalidade

22 maio, 2024
Ao falar sobre Eurocopa, Noel Gallagher esnoba Inglaterra e revela sua “verdadeira” nacionalidade

Foto: Reprodução/X

 

A seleção da Inglaterra é uma das favoritas ao título da Eurocopa 2024, que começa no próximo dia 14 de junho. Mas o time não terá o apoio de um dos principais – e mais polêmicos – músicos do país, Noel Gallagher.

Advertisement

Apesar de representar o Britpop com o Oasis, que foi o principal movimento do Rock britânico nos anos 1990, Noel já reforçou em diversas entrevistas a sua ascendência irlandesa e a paixão pela nação dos seus pais.

Agora, em uma entrevista hilária sobre o futebol britânico, o ex-Oasis cravou definitivamente que “não é mais inglês” e não está nem aí para o desempenho da Inglaterra na competição:

Eu não sou torcedor da Inglaterra, sou irlandês. Boa noite!

Noel Gallagher e a Irlanda

Noel e Liam Gallagher são filhos de imigrantes irlandeses, mas foram criados na região de Manchester, na Inglaterra. Os irmãos sempre foram muito fãs de futebol e são torcedores ferrenhos do Manchester City.

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos, 0 atual líder dos High Flying Birds foi o representante da Inglaterra na disputa pela sede da Copa do Mundo de 2018, mas desde então vem dizendo que torce pela seleção da Irlanda.

Em entrevista ao jornal The Irish Post em 2015, Noel disse que a música “Live Forever”, do Oasis, tem um misto de fúria e alegria como “só bandas irlandesas” sabem fazer:

A música tem o refrão mais triste, mas com a mensagem mais otimista. Isso é ser irlandês! Eles podem chorar enquanto bebem, vão a funerais e depois fazem a maior festa. É o sangue celta em nós. Você pode encontrar isso nos escoceses, nos irlandeses e talvez nos galeses, se olhar para uma banda como os Manic [Street Preachers]. O U2 também tem isso – a fúria do povo celta, que não é raiva, porque é acompanhada de alegria.

 

Curiosamente, lá em 1994, em uma entrevista ao Irish Independent, ele já havia falado que prefere não ser visto como “um riquinho arrogante inglês”, preferindo ser chamado de “riquinho arrogante irlandês”.

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Rafael Teixeira

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM