Advertisement
Advertisement
Advertisement

A música que mudou a vida de Robert Plant, do Led Zeppelin

18 março, 2024
A música que mudou a vida de Robert Plant, do Led Zeppelin

Foto via Wikimedia Commons

 

Apesar de Robert Plant ter sido consagrado como uma das lendas do Heavy Metal por sua contribuição no icônico Led Zeppelin, o músico tem um passado (e um presente) que justificam a escolha da música que mudou a sua vida.

Advertisement

Segundo o site Tenho Mias Discos Que Amigos, antes de comandar uma das bandas mais aclamadas da história do Rock, o astro britânico fez parte do Band of Joy, onde explorava em suas faixas sonoridades mais próximas ao Folk Rock.

O grupo, que inicialmente também contava com John Bonham (baterista do Zeppelin) em sua formação, não escondia que entre suas fortes referências estavam as obras da banda norte-americana Buffalo Springfield.

Plant e seus parceiros chegaram a lançar uma cover da música “For What It’s Worth”, que foi gravada em 1966 e integrou a segunda edição do primeiro disco da banda, Buffalo Springfield Again, de 1967. Mas não foi essa a canção que mudou a vida de Plant.

Robert Plant e a música que mudou sua vida

Quando foi convocado para integrar o Led Zeppelin ao lado de Jimmy Page, Robert até levou algumas de suas influências da música Folk, psicodélica e do Blues para as obras da banda, mas o gênero que era destaque no Band of Joy não era a prioridade do novo grupo.

Ainda assim, em 1970, Robert Plant revelou em entrevista à Melody Maker (via Far Out) que sua admiração pelo Country Rock californiano surgiu após saturar dos Beatles.

O músico admitiu que seu encanto pelo Buffalo Springfield não surgiu de primeira, mas explicou como a faixa “Flying on the Ground is Wrong” passou a ter um significado importante em sua vida depois de conseguir entendê-la de verdade:

Lembro-me da primeira vez que ouvi ‘Flying on the Ground is Wrong’, do Buffalo Springfield. Pensei: ‘Isso não parece ser nada’, e então ouvi de novo e pensei: ‘Há algo a mais nisso.’ As letras na época não eram surpreendentes, mas havia algo ali. Então eu comprei o álbum, e foi ótimo porque era o tipo de música que você poderia ouvir ou sentar e curtir, e pensei: ‘Isso é o que o público quer – é isso que eu quero ouvir’.

 

Você pode ouvir essa canção logo abaixo, bem como a versão do Band of Joy para “For What It’s Worth”.

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos – Lara Teixeira

Advertisement


NOTÍCIAS
RECEBA NOTÍCIAS DO MUNDO DO ROCK E PARTICIPE DOS NOSSOS CONCURSOS
Kiss FM 92.5

Avenida Paulista, 2200 - 15º andar - São Paulo/SP

atendimento@kissfm.com.br

WhatsApp do ouvinte: 11 99887.4343

Kiss FM